1 thought on “De dochter van Wolfland”

  1. Esta foi uma das mais interessante surpresas nesta viagem literária à descoberta do fumetti. O argentino Ricardo Barreiro assina uma intrigante história retro-futurista distópica com forte inspiração no nazismo e II guerra mundial. Somos levados a conhecer um patriótico soldado de Wolfland, ditadura germânica de toque nazi engalfinhada numa guerra sangrenta contra inimigos colectivamente designados por Anglai. Estamos num futuro distópico, de tecnologia inspirada nos anos 40 do século [...]

  2. I'm starting to realize that exploitation works better in movies (and maybe porn).The story-line and the characters are as flat as they could be.The illustrations by Saudelli are the only good thing about this one

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *